Quais os Requisitos para Participar de Programas Sociais do Governo?

O projeto Minha Casa Minha Vida é um projeto do Governo Federal de habitação popular que beneficiou milhares de brasileiros. A proposta de conseguir uma moradia própria com baixo custo é de grande ajuda, mas é preciso saber se você tem direito. Saiba mais!

Como funciona o Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é um programa para atender famílias de baixa renda com moradias baratas. Vale tanto para zona urbana ou rural, com alguns diferenciais para cada tipo de público. A moradia não é dada. Ela é financiada pelos órgãos financeiros do Governo com juros baixíssimos, muito diferente se o financiamento fosse realizado com um banco sem o programa. As parcelas são baixas e com uma linha de crédito diferenciada de acordo com a renda de beneficiário.

Por que o programa é tão bom? Por dar linha de crédito a quem precisa. Um banco ou financeira costumeiramente não liberaria um financiamento para quem possui renda familiar baixa pelo risco da operação. As parcelas são relativamente alta quando se trata de comprar uma moradia e com isso muita gente não conseguiria realizar o sonho de uma casa própria.

Para muitas famílias o programa é a única chance de conseguir Morar Bem. Os bancos pagam ao proprietário do imóvel à vista e temem financiar algo a quem vive com renda baixa e costumeiramente não honra com seus débitos. O Minha Casa Minha Vida paga ao banco e assim o programa consegue beneficiar muitos. 

Você pode participar também de outros programas sociais do Governo, como é o caso do Bolsa Família. Esse programa é destinado as famílias que não estão em boas condições de saúde, alimentação e educação. O mesmo é pago mensalmente e possui um valor diferentes para cada família.

As datas de pagamento do benefício podem ser acompanhadas através do Calendário Bolsa Família 2020, que é liberado pela Caixa Econômica Federal. É importante que o beneficiário sempre acompanhe este calendário para não perder o prazo de saque do benefício.

Requisitos para o Minha Casa Minha Vida

Existem imóveis diferenciados de acordo com a renda familiar de cada um. Por isso é comum os bancários e sites se referirem ao programa como Minha Casa Minha Vida 1, 2 e assim por diante.

O pré-requisito básico é se encaixar na renda familiar solicitada. A renda familiar altera o tipo de pagamento e parcelamento. São elas:

  • Renda de até R$ 1.800,00 – neste caso o pagamento pode ser em até 120 parcelas. As parcelas vão de R$ 80 a R$ 270. Este é o grupo foco do programa e a maior parte de beneficiados. A garantia de pagamento é o próprio imóvel.
  • Renda de até R$ 2.600,00 – os juros são um pouco maiores, de 5% ao ano e com pagamento em até 30 anos. Neste caso pode ser um imóvel novo ou na planta ou até um terreno para construir.
  • Renda de até R$ 4.000,00 – os juros são mais altos e a parcela também, com financiamento mais curto. Não cobre todo o valor do imóvel, apenas R$ 29 mil da compra.
  • Renda de até R$ 7.000,00 – os juros são bem mais altos que o primeiro grupo e as parcelas maiores, mas podem usar o subsídio do Governo visando uma melhor residência. 

Como ter acesso ao Minha Casa Minha Vida

Para o grupo com renda de até R$ 1.800 é preciso fazer um cadastro na prefeitura de sua cidade. Cadastro aprovado indicarão a agência bancária para fechar o contrato mais próxima. Os demais grupos devem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil para procurar as opções de financiamento para a sua renda mensal.

Programa Educacional do Governo Federal criado para estudantes com menos condições financeiras

O ProUni é um programa do Governo Federal criado para estudantes menos privilegiados na sociedade, tem como principal objetivo a doação de bolsas de estudo integrais e parciais para cursos de ensino superior em instituições particulares. Criado em 2004, as bolsas do ProUni ajudam tanto o aluno quanto à instituição conveniada, e esse auxílio às instituições é fornecido por meio de isenção de algumas taxas.

O Programa Universidade para Todos é direcionado para os alunos que estão cursando ou concluíram o terceiro ano do Ensino Médio em escolas públicas e bolsistas de escolas particulares que tenham a renda familiar de até 3 salários mínimos (R$1.530,00). Por intermédio da prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) os estudantes são avaliados e selecionados conforme o seu desempenho.

De acordo com a pontuação do ENEM o aluno também poderá contar com outros recursos do ProUni para que ele possa continuar seus estudos e esses recursos são Bolsa Permanência que é uma ajuda de custo de até R$ 300,00 para cursos de no mínimo 6 semestres de duração e no mínimo 6 horas diárias, o programa também fornece convênio com o MEC/CAIXA e o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

O Resultado Prouni é divulgado através do site, assim como é feita a inscrição, você deve ficar atento para não perder nenhum passo do processo.

Até hoje o ProUni já forneceu por volta de 600 mil bolsas, sendo que 70% são de bolsas integrais.

Confira o cronograma para participar do Enem

Foi divulgado o Resultado da primeira chamada do Enem 2020 do meio de ano, neste período do meio do ano, são 3 etapas se seleções sendo que o resultado da primeira das etapas foi divulgado dia 27 de junho, na segunda-feira, o processo de inscrições terminou dia 24 de julho, sexta-feira.

Chamadas

A segunda chamada será em 12 de julho e a terceira chamada será em 25 de julho. Para conferir se foi um dos selecionados, deverá acessar o site do Enem, no endereço siteEnem.mec.gov.br, caso o resultado aponte que você foi um dos selecionados nessa primeira chamada do Enem do meio do ano, deverá ir até a instituição de ensino para continuar com o processo e obter mais detalhes específicos junto à instituição. Ao acessar o site do Enem, para saber se você foi um dos aprovados no resultado, deverá fornecer ao site o seu número de inscrição do Enem 2020 e também o seu número de CPF.

Cronograma

No site oficial do Enem existe um cronograma, com todas as datas da 1ª chamada, 2ª chamada e 3ª chamada, quando serão divulgados os candidatos pré-selecionados e a data de quando será a comprovação de informações e processo seletivo próprio, além daqueles que ficarem na lista de espera.

O Ministério da Educação (MEC) está discutindo a possibilidade do fim das bolsas parciais oferecidas pelo Enem, esta é uma das principais mudanças que podem entrar em vigor no Enem 2020, outras mudanças também estão em discussão no MEC, todas elas devem ser enviadas ao Congresso Nacional até o início do segundo semestre de 2020, para que, se votadas possam entrar em vigor no Enem 2020.

Atualmente o Enem oferece bolsas completas e também bolsas parciais de 50%, para o interessado na bolsa parcial é preciso que a sua família tenha renda per capita de até três salários mínimos. No entanto, boa parte das bolsas parciais não estão sendo preenchidas, assim o MEC estuda a possibilidade de oferecer apenas as bolsas integrais, apesar disso, o próprio MEC também defende a bolsa parcial, assim a proposta ainda está em discussão para que seja enviada ao Congresso.

A possível proposta do fim das bolsas parciais do Enem deve ser enviada em julho para votação no Congresso na forma de medida provisória, além desta proposta também deverá ser enviada uma nova regra de mudança no mecanismo de isenção fiscal às instituições que aderem ao Enem.

Como Estudar para Ingressar em uma boa Universidade?

Um novo ano se aproxima e muitos estudantes já estão preocupados em definir o ritmo de estudos para ingressar em uma boa universidade em 2020. O Enem tem sido uma porta para grandes universidades federais e tende ser cada vez mais explorado como avaliação no processo seletivo de outras universidades.

Começar a planejar os estudos desde cedo faz com que o ano de preparo do vestibulando seja muito mais tranquilo. E organizar o tempo é uma ótima estratégia para atingir o melhor rendimento sem ter que sacrificar outras atividades do dia-a-dia. Para isso, o ideal é pensar em longo prazo e planejar as tarefas de forma prática e eficiente. Então esta época do ano é ótima para desenvolver um ritmo e uma nova rotina.

Não existe nenhuma receita para o sucesso nos estudos, é uma questão pessoal descobrir qual a forma mais eficiente de aprendizado e fixação. Então, o começo do ano é bom para o estudante testar e tentar determinar a sua melhor forma de rendimento. Assim, o seu estudo fluirá ao longo do ano e o vestibulando estará mais apto a atingir os seus melhores resultados nas provas.

Anteriormente o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem era utilizado para a conclusão do ensino fundamental e médio, mas isso mudou, essa função se dá ao Encceja 2020, Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos.

Esse exame acontece de forma nacional, em um mesmo dia, e deve ter sua inscrição realizada através do sistema INEP. As inscrições no exame podem ser realizadas através da página do participante, para isso, basta seguir o passo a passo e informar os dados corretos.

Uma dica que funciona para um número muito grande de pessoas é que, depois das aulas, o estudante reveja e exercite a matéria dada pelo professor. Depois disso, é importante ter um boa noite de sono para a fixação do conteúdo. É uma tática interessante porque o aluno segue um cronograma pré-determinado e consegue manter em dia o fluxo dos estudos. Para administrar melhor o tempo é necessário conhecer as prioridades pessoais. Assim, as tarefas serão realizadas com maior êxito.

Planejar a administração do seu tempo, durante os estudos, também é fundamental. Evite estudar em ambientes barulhentos, em horários alternados e sem estar alimentado e descansado. Organize seus dias e horários para conseguir melhores resultados.

Ter um objetivo claro é o primeiro passo. Programe seus estudos de acordo com as matérias e, dentro de cada matéria, elenque os temas por tópicos principais e desenvolva-os separadamente. Determine uma meta de estudos diários e procure cumpri-la de uma vez, evitando distrações e otimizando seu tempo.

O Enem é composto de 180 questões (divididas em dois dias) de níveis fáceis, médios e difíceis e uma redação. Além disso, é uma prova longa e pode ser cansativa. Então, o ideal é procurar as edições anteriores, refazê-las e checar os gabaritos, assim o estudante cria a percepção do tipo de questões, para priorizar as médias e fáceis, e também desenvolve intimidade com a prova.

Assim, o processo não será maçante e o vestibulando saberá a melhor forma de expor o seu conhecimento na avaliação. Além disso, estar atualizado é muito importante. As questões interdisciplinares têm sido cada vez mais recorrentes e o estudante agrega um conhecimento que poderá ser utilizado na argumentação da redação.

Ter o hábito de ler também é essencial, porque o estudante fica mais rápido e as falhas com a interpretação de texto tendem a diminuir, além de ser a fórmula para melhorar o desenvolvimento de dissertações.

É importante manter o foco, ter organização e equilíbrio. Isso fará a diferença, porque o estudo será mais eficiente e a tranquilidade virá à tona, o que é um aliado num momento como este. As datas de inscrição para o Enem ainda não foram definidas, mas acontecerão entre maio e junho.

Processo de seleção para iniciar um curso de graduação

O Sisu é um processo de seleção, que possibilita às pessoas de todo o país a oportunidade de ingressar no curso de graduação desejado sem a necessidade de viajar para realizar as provas de vestibular. Por meio do sistema, que utiliza a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), se mantém a lógica da aprovação pela capacitação, sendo aprovados os candidatos melhor pontuados dentre os inscritos para cada instituição e curso.

A inscrição SISU é feita exclusivamente pela internet, onde o candidato deverá acessar o site disponível abaixo:

www.sisu.mec.gov.br.

As inscrições no Sisu são gratuitas e todas as instituições participantes do sistema devem oferecer acesso à internet gratuito para quem deseja se inscrever.

Após a etapa de inscrição SISU 2020, o sistema seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com suas notas no Enem. 

Como consultar o resultado SISU

O resultado SISU 2020 é uma das partes mais esperadas por quem está concorrendo as vagas, os candidatos ficam ansiosos para ter acesso, mas como toda etapa desse programa tem data definida para ocorrer, não é diferente com o resultado do processo seletivo.

Para consultar o SISU resultado 2020, o candidato terá que acessar a página do programa, onde será publicado exclusivamente no site oficial e você poderá consultar através do endereço citado acima. Consulte também o cronograma para que você saiba quais serão as datas e todas as etapas, assim fica mais fácil saber quando elas irão ocorrer.

O resultado SISU 2020 poderá ser consultado também através, das instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, no telefone 0800-616161.

Agora que você já sabe como realizar a consulta SISU resultado e utilizar a nota do mesmo para ingressar numa universidade pública, não perca tempo e entre já no site do MEC para realizar o processo. Caso exista dúvidas, deixe um comentário logo abaixo. Boa sorte!

Programa CNH Social possibilita primeira habilitação gratuitamente

Chegou a hora de você obter sua Carteira de Motorista sem pagar nada fazendo sua inscrição CNH Social. Você pode, também, mudar de categoria e aprender a conduzir um novo tipo de veículo caso já possua o documento. Quer saber mais sobre a inscrição CNH Social? Acompanhe essa matéria.

Inscrição CNH Social: Como Funciona?

Você deve estar se perguntando como obter a CNH ou mudar de categoria de forma gratuita, não é mesmo? Isso é possível graças ao programa CNH Social, também conhecido como CNH Social 2020 ou CNH Popular.

Essa é uma iniciativa do SEST SENAT (Serviço Social do Transporte / Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) em parceria com CFCs em diversos estados brasileiros.

A proposta do programa é contemplar todas as categorias de habilitação e oferece o documento ou a atualização do mesmo gratuitamente a todos aqueles que não possuem condições financeiras.

Geralmente, as categorias A (motocicletas) e B (carros) são as mais procuradas, mas as categorias C, D e E também são contempladas pelo programa.

Alguns estudos já apontaram que os portadores da CNH possuem cerca de 50% mais chances no mercado de trabalho, já que muitos cargos exigem que o profissional saiba dirigir e/ou tenha veículo próprio.

Assim, investir na obtenção da CNH Social MG 2020, além de permitir que você conduza veículos para a categoria que for habilitado, também aumenta suas oportunidades de emprego.

Requisitos e Documentos

Esse projeto ainda não está presente no país todo. Apenas alguns estados e cidades já aderiram ao mesmo.

Assim, não há uma lista oficial de documentos e requisitos, pois cada estado tem o poder de criar suas próprias diretrizes para o programa, o que significa que os requisitos e os documentos podem variar no momento da inscrição CNH Social.

No entanto, alguns requisitos estão em vigor na maioria das cidades, mas não em todas. Veja quais são eles a seguir:

  • O interessado precisa ter idade entre 18 e 27 anos e ser alfabetizado;
  • Além disso, sua renda familiar per capita deve ser de até 2 salários mínimos.

Os documentos exigidos também podem variar de uma cidade para outra, mas os que estão listados a seguir, certamente, serão exigidos sempre:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda.

Para saber os requisitos específicos e os documentos exigidos na sua cidade, entre em contato com o DETRAN da sua região ou visite o site da CNH Digi do seu estado. Você encontrará os links no próximo tópico.

Como se inscrever

Até o momento, os seguintes estados já aderiram ao programa:

Cada estado tem seu próprio método de inscrição CNH Social. Confira mais detalhes:

Espírito Santo

Informe-se sobre requisitos, inscrições e documentos nesse site. No momento, não há inscrições abertas para.

Minas Gerais

Clique aqui para inscrever-se. Basta selecionar sua cidade na listagem do final da página e seguir os próximos passos que aparecerão.

Ceará

Faça o pré-cadastro nesse site.

Paraíba

As inscrições são feitas online nesse site. No momento, não há inscrições abertas para.

Pernambuco

No momento, o programa está temporariamente suspenso em Pernambuco, mas você pode obter mais informações nesse site.

Bolsas de Estudos são oferecidas pelo Governo Federal a estudantes de baixa renda

Em 2004 o governo brasileiro instituiu em todo o Brasil, o Prouni, Programa Universidade para todos com o objetivo de oferecer a alunos de baixa renda, bolsas de estudos, integrais ou parciais, de acordo com as possibilidades de cada um, em faculdades privadas a quem seria concedida a isenção de tributos fiscais às Universidades que aceitassem as matrículas nessa modalidade de bolsa de estudo. O ingresso se daria pelo ENEM, Exame Nacional de Ensino Médio, onde o aluno teria de alcançar a média de 45 pontos.

O ProUni premiaria o aluno que alcançasse a pontuação mais alta, o que definiria a vaga. Ao aluno que melhor desempenho, caberia a escolha da Universidade que quisesse estudar. Como a Sabedoria Vem Com a Idade. É de se esperar que todos compreendam a realidade deste projeto, que é um prêmio ao bom aluno.

É uma pena que nossas instituições não são confiáveis, pois este processo de ingresso na Universidade, através dos exames do ENEM, me parece coisa de primeiro mundo e de uma rara justiça a quem de fato faz o primeiro grau para aprender, pois são raros os alunos concluintes do primeiro grau que entram na universidade sem o curso pré-universitário.

As inscrições Prouni podem ser feitas após a realização do ENEM e de forma online, pelo site do programa.

Acima de tudo, o ProUni e ENEM é um estímulo ao estudo. Quando no Brasil falam em Educação para todos, eu fico arrepiado, pois conheço e muito bem, como funciona a Educação em nosso país. Em primeiro lugar, não se deve falar em Educação. Isto é um erro. A escola tem por objetivo e ensinar, transmitir conhecimento, inteirar o aluno do conhecimento. A Educação é tarefa para a família.

Educação das Crianças, não é tarefa da escola, é tarefa da família. Uma criança que chega a escola e não sabe se portar, nem respeitar seus colegas e professores, não aprendem e o que é pior, dificulta o ensino. Certamente este aluno é um aluno que recebe maus tratos em casa, está com fome e muitas vezes têm uma família desequilibrada.

Não adianta o ProUni criar o ENEM para alunos desse perfil. Nenhum professor ensina, é o aluno que aprende, todo professor sabe disto. O aprendizado só acontece quando há a interação entre o aluno e o professor. Nossos alunos de hoje, em sua grande maioria, não são capazes nem de escutar seu mestre.

O Prouni, através do ENEM deve ser a bandeira daqueles que querem e desejam o avanço do ensino no Brasil. No dia em que as Secretarias Estaduais de Educação e o Ministério da Educação derem a partida, trocando o nome educação para ensino, nesses órgãos, o próprio nome já dará a conotação certa para a verdadeira finalidade das escolas, que é o ensino, pois os alunos são aprendizes e os professores não são educadores, são orientadores do ensino na sala de aula, que se concretiza na interação do aluno-professor.

O aluno que vai à sala de aula levando a educação e o respeito aos seus parceiros, é um verdadeiro Baú de Ouro para que se desenvolva o processo ensino-aprendizagem. O ProUni, desde a sua criação, em 2005, ofereceu 504 mil bolsas de estudos. Em 2009, no primeiro trimestre, foram dadas 95.684 bolsas integrais e 60.722 bolsas parciais.

Convocação para matrícula do IFB – Instituto Federal de Brasília

O Instituto Federal de Brasília – IFB divulga hoje, 20 de janeiro de 2019, a convocação para matrícula em segunda chamada do processo seletivo para os cursos técnicos integrados ao ensino médio presencial.

As matrículas dos selecionados no sorteio, dentro do número de vagas (para 2ª chamada), serão realizadas na Coordenação de Registro Acadêmico do Campus onde o curso é ofertado, nas datas prováveis 23, 24 e 25 de janeiro de 2019, nos horários especificados na convocação para matrícula.

É importante que você realize cursos e se qualifique sempre mais, para assim, ter um melhor crescimento profissional. Se você deseja concluir o ensino fundamental e médio é simples, basta realizar a prova do Encceja e atingir a pontuação mínima

A inscrição para o exame pode ser realizada através da Página do Participante Encceja, a página também fornece informações sobre o edital, provas e divulga o resultado do exame.

São documentos exigidos para efetivação da matrícula:

  • Documento de identificação válido e com foto (Carteira de identidade; Carteiras de Registro Profissional;
    Carteira de Trabalho ou Passaporte);
  • Certificado ou histórico escolar de conclusão do Ensino Fundamental;
  • Duas fotos 3×4 idênticas e recentes;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física, se não estiver na carteira de identidade;
  • Comprovante de residência com CEP ou declaração de próprio punho;
  • Atestado médico, com até 90 dias de expedição, afirmando estar em perfeitas condições de saúde física e apto à prática de atividades físicas sistemáticas.

Curso Técnico Subsequente ao ensino médio na modalidade a distância (EAD)- 2019/1: Convocação para matrícula em 2ª chamada. O Instituto Federal de Brasília – IFB divulga hoje, 20 de janeiro de 2019, a convocação para matrícula em segunda chamada do processo seletivo para os cursos técnicos subsequentes ao ensino médio na modalidade a distância.

As matrículas dos selecionados no sorteio, dentro do número de vagas (para 2ª chamada), serão realizadas na Coordenação de Registro Acadêmico do Campus onde o curso é ofertado nas datas prováveis 23, 24 e 25 de janeiro de 2019, nos horários especificados na convocação para matrícula.

Cresce a procura por estabilidade profissional

Os Correios são uma das empresas que mais realizaram concursos neste ano de 2020. Por marcar presença em todos os estados do Brasil, eles precisam constantemente de novos funcionários para manter o alto padrão de excelência. Só neste ano, dezenas de Concursos Públicos 2020 foram realizados, e muitas pessoas participaram, loucas para obterem Resultado Concurso Correios 2020 que permitissem seus ingressos nas instituições públicas. No entanto, outros não entendem porque tantas pessoas lutam por estas vagas. Se você é uma delas, continue lendo!

Conseguir uma das vagas do concurso dos Correios é ótimo por diversos fatores. Esta é uma oportunidade de você conseguir algo próximo do trabalho dos sonhos, sem sombra de dúvidas. Nós separamos 3 motivos para você estudar o máximo possível a fim de conseguir um bom Resultado Concurso Correios 2020. Confira!

1# – Estabilidade nos Correios

O maior medo das pessoas atualmente é iniciar um financiamento de uma casa ou carro e depois ser demitido da empresa e não conseguir pagar as prestações. Por isso, ao ser concursado, você terá a calma necessária para se planejar por meses e anos a fio sem se preocupar com demissão. Nos Correios, você será um homem de amarelo até a aposentadoria. Isso não é ótimo? Oferecerá melhores condições para toda a sua família sem correr riscos.

2# – Aposentadoria integral

Depois que você trabalhar todo o período necessário para se aposentar, chegou o momento de esquecer o trabalho e aproveitar a terceira idade com a esposa e os netinhos. Em empresas privadas, muitos funcionários veem seus salários sendo cortados pela metade. Trabalhando para os Correios, não acontecerá isso com você! O mesmo salário que você ganhava ao trabalhar, ganhará ao se aposentar. Simples assim, sem burocracia.

3# – Experiência

Os Correios são responsáveis por toda a logística e trabalho de envio e entrega de encomendas pelo território brasileiro. Já dá para imaginar a bagagem que você ganhará ao trabalhar nesta instituição pública, não é mesmo? Você aprenderá muita coisa, e conhecimento não tem preço. Seja passando no Concurso Correios RJ 2020 ou Concurso Correios BA 2020, a qualidade do serviço será igual.

Veja aqui como consultar suas multas no Detran RJ

O Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Rio de Janeiro, é o órgão responsável por fiscalizar o trânsito de todos os veículos automotores terrestres que circulam na região, assim como recolher impostos, criar leis e normas de trânsito, além de conscientizar e formar novos condutores de acordo com as melhores práticas.

Através do site do Detran RJ é possível consultar multas, informações sobre o veículo (como sua situação legal), fazer simulados e muito mais. Caso você precise acessar informações do seu carro, moto, tirar a segunda via de documentos ou então realizar o simulado para se preparar da melhor forma para tirar sua Carteira de Habilitação, nesse artigo ensinaremos como aproveitar os melhores recursos do site do órgão estadual. Leia abaixo.

Como consultar multas no Detran RJ

O recurso para consulta de multas é um dos mais utilizados no site, e por ser gratuito, qualquer usuário poderá utilizado sem maiores problemas. Para acessar o site do Detran Rio de Janeiro e utilizar o recurso, você deverá realizar os passos a seguir:

  • Primeiramente você deverá abrir o seu navegador e, na barra de endereços, digite www.detran.rj.gov.br – ou, então, digite no Google “acessar site detran RJ” e clique no primeiro resultado;
  • Dentro da página, procure pela sessão multas, e informe a placa e o renavam do veículo a ser consultado. Clique em ok;
  • Em poucos segundos uma página retornará com todas as informações relacionadas as multas recebidas, com valor e detalhamento das infrações cometidas.

Como consultar o Renavam

O Renavam é um dos documentos mais importantes de um veículo, e através dele é possível ver a situação geral de qualquer veículo. No entanto, muita gente não sabe como utilizar o site do Detran para consultar o status do documento.

Para realizar a consulta, acesse o site www.detran.rj.gov.br, e, na opção Veículos, informe o número da placa e o número do renavam do veículo que deseja realizar a consulta. Depois clique em OK.

Em pouco tempo o sistema da página retornará com todas as informações relevantes do seu veículo, como a situação geral do carro/mato, quais documentos faltam quitar para legalizar o veículo e muito mais informações importantes.

Para realizar a consulta do licenciamento, o procedimento é bem parecido com o do Renavam, para isso basta você ainda no site do Detran do estado do Rio de Janeiro, selecionar a opção de IPVA no menu desses mesmo, informa os dados solicitados, e estará disponível para você alem do valor do licenciamento 2020, também o valor do IPVA e DPVAT do Rio de Janeiro.

Simulado Detran

O Simulado é um exame online, onde representa o exame aplicado para quem deseja tirar a CNH pela primeira, contendo 30 perguntas sobre leis, práticas e normas de trânsito. O usuário terá uma hora pra responder todas as questões e, caso acertar mais de 21 pontos, obterá uma pontuação satisfatória – o que seria suficiente para passar no exame real.

O simulado é uma excelente maneira para o motorista saber como anda o seu conhecimento e, determinando assim, se ele está preparado ou não para realizar a prova teórica. A dica é faze-lo quantas vezes for necessário, além de estudar as leis e regras de trânsito. Sem contar que é imprescindível prestar atenção nas aulas de sua autoescola.

2 via Detran RJ

Caso você tenha perdido a sua Carteira Nacional de Habilitação ou então algum documento importante, como o IPVA, o motorista poderá acessar essa página do Detran do Rio de Janeiro.

Após isso, basta requerer a segunda vida do documento online. Nessa página é possível obter todas as informações, orientações e procedimentos para tirar a segunda via de qualquer documento expedido pelo órgão.

Endereço e telefone para contato

Para entrar em contato com o Detran do Rio de Janeiro, você poderá ligar pelo telefone (41) 3381 2100. Ou então, visitar a unidade pessoalmente, através do endereço: Rua Ursulina de Senna Castro, 226, Estreito – Rio de Janeiro – RJ. O atendimento funciona das 09 até as 17 horas.

Caso você tenha alguma dúvida sobre algum serviço oferecido no site do Detran RJ, faça um comentário com sua questão para que a gente possa tentar te ajudar.