Emprego deve aumentar este ano, diz Meirelles em rede social

0
Emprego deve aumentar este ano, diz Meirelles em rede social

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (12) que há previsão de aumento do emprego este ano. “Previsões econômicas são de aumento do emprego durante o ano, retomada dos investimentos e manutenção dos gastos sociais”, afirmou o ministro em sua conta no Twitter.

Meirelles postou as declarações após participar, pela manhã, de teleconferência com investidores organizada pelo Bank of America Merril Lynch.

“Fiz uma análise da situação atual das perspectivas da economia brasileira. Mostramos [aos investidores] que medidas adotadas no último ano garantiram fim da recessão, queda da inflação e juros – o que preserva a renda dos brasileiros”, escreveu o ministro na rede social.

Segundo ele, “agora é hora de garantir as condições para o investimento, que trará emprego e oportunidade para todos”. Meirelles disse estar “comprometido” com esse objetivo.

O ministro da Fazenda criou um perfil no Twitter no último dia 7 de junho. Desde então, tem feito posts comentando a situação econômica do país.

Publicidade:

Neste sábado (17) Guga PlayBoy e Carlos Henrique em praça pública no XVI Arraiá da Serra

0
Neste sábado (17) Guga PlayBoy e Carlos Henrique em praça pública no XVI Arraiá da Serra

Publicidade:

Polícia Civil elucida crime de homicídio cometido contra homem na cidade de Montanhas

0
Polícia Civil elucida crime de homicídio cometido contra homem na cidade de Montanhas

Uma equipe de Polícia Civil de Pedro Velho, com o apoio da Polícia Militar de Montanhas, elucidou o homicídio ocorrido contra Tales Alves de Oliveira, 22 anos, cometido no dia 30 de maio deste ano em um local conhecido como “antigo curral”, no centro da cidade de Montanhas.

Segundo investigações, os autores do crime teriam sido os irmãos Josenildo Cordeiro de Souza, vulgo “Nildo”, e um adolescente de 17 anos, os quais teriam saído com a vítima para usar drogas, no intuito de matá-la, e desferido mais de 20 golpes de faca peixeira contra as costas da vítima. A motivação do crime teria sido uma ameaça de homicídio feita por Tales aos irmãos, caso o mais velho deles não perdoasse uma dívida que a vítima tinha para com ele. Os irmãos compareceram à Delegacia de Pedro Velho nesta segunda-feira (12), e confessaram a autoria do crime.

Publicidade:

Polícia Civil prende acusado de ter matado uma jovem na cidade de Santa Cruz

0
Polícia Civil prende acusado de ter matado uma jovem na cidade de Santa Cruz

Policiais civis da equipe da 9a. Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Santa Cruz prenderam José Alan Moreira de Souza, na manhã desta segunda-feira (12). Ele é acusado de ter assassinado Ana Jessica Oliveira da Silva, no dia 22 de agosto de 2016, com disparos de arma de fogo. José Alan, que era procurado pela Justiça desde o ano passado, foi encontrado na casa de familiares no centro de Santa Cruz.

Ele foi preso mediante um mandado de prisão expedido pela comarca de Santa Cruz. De acordo com as investigações da Polícia Civil, no dia do crime José Alan pretendia matar um desafeto que estava em uma motocicleta, que estava circulando pela cidade, mas acertou a jovem que estava na garupa. O tiro disparado por José Alan acertou na cabeça de Ana Jessica, a qual ficou em coma e veio a óbito após 15 dias o disparo.

Publicidade:

Parecer do MPF/RN é favorável à transferência de Henrique Alves para Brasília

0
Parecer do MPF/RN é favorável à transferência de Henrique Alves para Brasília

Sistema prisional no DF é melhor preparado que o do RN para custodiar o ex-deputado e evitar que ele tenha acesso a regalias

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte emitiu um parecer favorável à transferência do ex-presidente da Câmara Federal Henrique Eduardo Alves para Brasília, conforme solicitado pelo juiz da 10ª Vara Federal do Distrito Federal. No entender do MPF, a custódia de presos em quartéis (ele se encontra custodiado na Academia de Polícia da PM/RN) somente deve ser adotada “quando inexistir outra unidade que possa cumprir as exigências legais”.

No caso de Henrique Alves, o parecer reforça que “a unidade prisional de Brasília é, dentre as duas opções possíveis, a mais indicada a garantir os direitos e deveres do preso”, lembrando que os relatos quanto às atuais condições de custódia do também ex-ministro apontam sua permanência em sala com ar-condicionado, acesso a mídias proibidas e visitas permanentes, “além de outras regalias incompatíveis com o regime de prisão cautelar”.

O parecer destaca que manifestações anteriores do Comando da Polícia Militar do RN já deram conta de que os quarteis não apresentam as condições adequadas à custódia de presos civis. Na Academia da PM não há sequer fornecimento de alimentação a custodiados. “Ele, então, pelo menos pelo que se noticia, tem solicitado refeições em restaurantes de Natal, o que configura regalia inconcebível para uma pessoa submetida à prisão preventiva”, reforça o parecer.

O MPF também questiona a ausência de um controle rigoroso sobre visitas e contatos, “fato que destoa da própria finalidade da custódia cautelar, que é o de cortar vínculos do preso com o meio político e empresarial criminoso em que vivia”. Nessas circunstâncias, avalia que é “plenamente razoável” a transferência para Brasília, onde há um sistema penitenciário melhor preparado para recebê-lo.

“De resto, lá já tramita ação penal contra ele, com a realização de audiências às quais inclusive ele ressaltou, em audiência de custódia, que fez questão de comparecer pessoalmente”, acrescentam os representantes do MPF.

Argumentos – O MPF cita diversas jurisprudências ressaltando que o direito do preso de permanecer próximo à sua família não se trata de algo absoluto, podendo ceder diante de necessidades da administração penitenciária, como no caso de Henrique Alves. “Quanto à alegação de que a transferência traria custos ao Estado, trata-se de argumento curioso, em especial quando parte de quem é investigado – e até mesmo já acusado – exatamente, por desviar recursos e receber milhões de reais em propina.”

O parecer lembra ainda que o próprio Henrique Alves, em meados de 2013, “não viu prejuízo algum ao erário na utilização de avião da Força Aérea Brasileira para transportar a ele e à sua família para um jogo da Seleção Brasileira no Rio de Janeiro” e conclui que a atual situação é “ilustrativa do prejuízo concreto que anos de descaso com o sistema prisional do próprio Estado de origem, por parte de políticos, podem causar em desfavor deles próprios, em algum dia futuro”.

Histórico – Os pedidos de prisão preventiva de Henrique Alves e Eduardo Cunha (que já se encontrava preso no Paraná) foram cumpridos pela Polícia Federal no último dia 6 de junho, dentro da Operação Manus. Os dois foram acusados de receber propina em troca do favorecimento de empreiteiras. Na mesma data, foram expedidos mandados de prisão preventiva contra os mesmos envolvidos, pela 10ª Vara Federal do Distrito Federal, dentro das operações Cui Bono e Sepsis.

O MPF relata que, no dia da prisão, na audiência de custódia, Henrique Alves “apresentou certidão da OAB/RN segundo a qual ostentaria a condição de advogado. O órgão ministerial estranhou o fato, pois consulta realizada ao Cadastro Nacional de Advogados – CNA da OAB não apontava nenhum registro de Henrique Eduardo Lyra Alves”.

A OAB/RN esclareceu que Henrique Alves é, de fato, advogado, mas se encontrava em atraso quanto ao pagamento da anuidade, somente vindo a quitar a dívida no último dia 7, já após se encontrar preso. “O pagamento em atraso objetivou apenas assegurar-lhe a condição meramente formal de advogado – já que Henrique Eduardo Lyra Alves na realidade nunca advogou – e o direito à prisão especial prevista no art. 6º, inciso V, da Lei n. 8.906/1994”, observa o parecer.

Cela especial – No mesmo dia 7 de junho, o Ministério Público Federal expediu ofício à Secretaria de Justiça e Cidadania do RN requisitando, com urgência, informações sobre a existência de celas capazes de receber advogados presos no sistema penitenciário potiguar. Porém, até a elaboração do parecer não havia sido enviada qualquer resposta.

Entretanto, um pedido formulado por outro investigado preso na operação, Carlos Frederico Queiroz, obteve como resposta a informação de que, em razão da situação caótica do sistema prisional do Rio Grande do Norte, com vários episódios de rebelião e destruição, “não existem unidades com celas para presos com formação de nível superior”.

Diante da falta de estrutura, no Rio Grande do Norte os presos com diploma de curso superior e advogados estão sendo custodiados em quartéis da Polícia Militar. “No entanto, essa solução deve ser adotada apenas como última opção, somente se for estritamente necessária, não havendo outra alternativa. Isso porque tais unidades não foram concebidas para abrigar presos”, indica o MPF.

Caso anterior – Em outra ação penal (0003785-23.2014.4.05.8400), após deferido o pedido de prisão especial dos réus – cinco sírios presos no aeroporto de Natal -, o Comando Geral de Polícia Militar do RN, com fundamento em recomendação do Ministério Público Estadual, afirmou que aquela unidade policial não detinha estrutura física nem de pessoal para guarnecer presos.

Um trecho do ofício da PM destaca que “(…) no nosso entendimento, em momento algum houve assertiva de que existissem condições de pessoal ou estrutural de receber os mesmos presos nas dependências do QCG. (…) Além de todos os argumentos supra destacados, vimos ainda informar que esse QCG não dispõe de alimentação (rancho), já que naturalmente os presos deverão ser alimentados onde quer que sejam, o que traria outro problema de ordem logística da PMRN”.

Em outro trecho, a Polícia Militar acrescenta: “Ressaltamos ainda que inexiste, no ordenamento jurídico brasileiro, qualquer dispositivo que possibilite ao preso civil permanecer custodiado em Quarteis Militares, uma vez que fere a Constituição Federal – sobretudo o art. 37 e 144 § 5º -, implicando em desvio de função das atividades constitucionais inerentes aos policiais militares”. Diante desses argumentos, a Justiça Federal acolheu a manifestação do Comando da PM e negou a transferência dos réus para aquela unidade.

Confira a íntegra do parecer do MPF.

Publicidade:

CDL emite nota de repúdio sobre projeto que altera código tributário de Santa Cruz

1
CDL emite nota de repúdio sobre projeto que altera código tributário de Santa Cruz

Usuários do Bolsa Família em Extremoz dão exemplo ao devolverem benefício voluntariamente

0
Usuários do Bolsa Família em Extremoz dão exemplo ao devolverem benefício voluntariamente

A Secretaria de Assistência Social de Extremoz registrou entre maio e o começo de junho deste ano 11 desligamentos voluntários de beneficiários do Programa Bolsa Família. O desligamento voluntário se dá quando o usuário resolve devolver o benefício porque passa a ter alguma renda familiar e entende que não mais se encaixa na realidade do programa.

Os beneficiários procuraram o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Extremoz e informaram que, por motivo de trabalho ou de recebimento de outro benefício, não queriam mais participar do programa. Dos cartões devolvidos, quatro foram pelo fato da renda familiar per-capita ter ultrapassado o que o programa prevê, em razão de algum membro da família ter conseguido trabalho.

Uma das beneficiárias que devolveu voluntariamente o benefício foi dona Maria do Socorro. Ela considerou injusto receber o valor enquanto ela e o esposo estão trabalhando. “Foi por vontade própria. Eu saí de casa, orei e disse que quando chegasse lá iria falar a verdade, não adianta mentir. Eu não acho justo enquanto eu estou trabalhando, meu esposo trabalhando e a gente continuar recebendo o Bolsa Família. Como eu estou podendo me manter e manter meus filhos, acho melhor devolver e passar para outra pessoa que esteja precisando”, disse Maria do Socorro.

A secretária de Assistência Social de Extremoz, Josiana Oliveira, fala sobre a importância do beneficiário falar a verdade na hora de atualizar o cadastro. “É importante ressaltar que a equipe técnica do Bolsa Família tem realizado um importante papel de conscientizar os usuários sobre a veracidade das informações fornecidas no momento do atendimento, pois diante dessa atitude não será tirado o direito de outros terem acesso ao benefício”, declarou a secretária.

A secretária-adjunta de Assistência Social de Extremoz, Andressa Kerley, elogiou a atitude das famílias. “Com essa atitude eles possibilitam que outras pessoas, que no momento estejam de fato precisando, possam receber o benefício”.

As famílias que têm direito aos benefícios do Bolsa Família são aquelas em estado de extrema pobreza que possuem renda per capita menor que R$ 85,00 ou aquelas em estado de pobreza, que possuem renda per capita de R$ 85,01 a R$ 170,00.

Publicidade:

Juventude Democratas promove encontro com líderes no RN

0
Juventude Democratas promove encontro com líderes no RN

Durante todo o sábado (10), jovens lideranças do Democratas no Rio Grande do Norte estiveram reunidas em Natal para a edição potiguar do Papo de Juventude, iniciativa promovida pela Juventude do partido para capacitar e fomentar os líderes nos estados.

A edição potiguar do encontro contou com a participação do deputado federal Felipe Maia, do presidente nacional da Juventude Democratas, Bruno Kazuhiro, o presidente da Juventude da Bahia, Lucas Moreno, o secretário nacional da Juventude, Bruno Alves, o prefeito de Poço Branco, Waldemar de Gois, o presidente da Juventude no RN, Diego França, vereadores de Mossoró e João Câmara, Petras Vinicius e Fernando Guilherme, respectivamente e o secretário municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Carlson Gomes.

Na programação do evento, palestras sobre reforma política, mudanças na Educação brasileira e a política nas redes sociais. Como objetivo do encontro, o intercâmbio de experiências nos municípios e a qualificação das novas lideranças para o atual cenário político.

Para Felipe Maia, o encontro se sagrou importante, pois irá capacitar e fomentar a juventude do RN. “Parabenizo a Juventude Democratas pela iniciativa que irá fortalecer o partido e os próprios participantes que se dispuseram neste sábado a discutir políticas públicas e a pensar num RN e no Brasil do amanhã”, comentou o parlamentar.

Publicidade:

Dia 17 de Junho acontece o Arraiá do Reencontro da Escola João Ataíde em Tangará

0
Dia 17 de Junho acontece o Arraiá do Reencontro da Escola João Ataíde em Tangará

Publicidade:

Distrito de Carnaubinha, em Touros, recebe nova Unidade Básica de Saúde

0
Distrito de Carnaubinha, em Touros, recebe nova Unidade Básica de Saúde

Na noite da sexta-feira (09), o município de Touros ganhou uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS), localizada no distrito de Carnaubinha. O deputado federal Felipe acompanhou a solenidade de inauguração ao lado do vereador do município e presidente da Juventude Democrata, Diego França, do prefeito Francisco de Assis Pinheiro, mais conhecido como Assis do Hospital, do deputado estadual José Adécio, de secretários da cidade e do prefeito de Rio do Fogo, Laerte Paiva.

Em seu discurso, Felipe Maia destacou a parceira com os tourenses: “Fico feliz em poder participar desta importante inauguração que vai trazer alento para o momento mais difícil da comunidade que é a doença. O nosso gabinete em Brasília está à disposição de Touros para reverter as demandas em obras para a cidade como essa que foi entregue hoje. Em outras ocasiões contribuímos para melhorias para Touros no tocante a pavimentação de ruas e aquisição de equipamentos para postos de saúde”.

A UBS conta com consultório médico e odontológico, enfermaria, psicólogo, nutricionista, educador físico e equipe de técnicos e assistentes. A Unidade funciona de segunda a sexta e atende a uma população estimada em 2.700 pessoas.

Publicidade:

Miriam Paiva é considerada a vereadora mais atuante de Tangará, Segundo enquete do Blog

0
Miriam Paiva é considerada a vereadora mais atuante de Tangará, Segundo enquete do Blog

Miriam Paiva ( Vereadora)

Confira abaixo o resultado da enquete que foi ao ar durante Quatro dias, onde o Blog Tangaraense perguntou, qual o vereador mais atuante de Tangará.

Confira abaixo a colocação de todos os 11 vereadores:

Qual Vereador(a) você considera o mais atuante em Tangará

  • MIRIAN PAIVA (27%, 277 Votes)
  • WILSON FONSECA (19%, 199 Votes)
  • NILSON LIMA (18%, 192 Votes)
  • PATRÍCIO DA AMBULÂNCIA (12%, 123 Votes)
  • ANINHA DE ILO (7%, 69 Votes)
  • PADUCA (5%, 48 Votes)
  • ANDRIÊR CHICUTINHA (4%, 42 Votes)
  • ALUISIO VICENTE (4%, 38 Votes)
  • ANTÔNIO CUSTÓDIO (2%, 23 Votes)
  • CEZINHA BARBOSA (2%, 19 Votes)
  • EWERTON (1%, 9 Votes)

Total Voters: 1.039

Carregando ... Carregando …

Atenção:

*  A enquete é de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostras, o qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo apenas da participação espontânea do interessado.

ENQUETE: Conheça os cinco vereadores mais atuantes da Câmara Municipal de Tangará

0
ENQUETE: Conheça os cinco vereadores mais atuantes da Câmara Municipal de Tangará

MIRIAN PAIVA (27%, 277 Votes)

WILSON FONSECA (19%, 199 Votes)

NILSON LIMA (18%, 192 Votes)

PATRÍCIO DA AMBULÂNCIA (12%, 123 Votes)

ANINHA DE ILO (7%, 69 Votes)

 

ENQUETE ENCERRADA: 57% DESAPROVAM os trabalhos da Câmara Municipal de Tangará

0
ENQUETE ENCERRADA: 57% DESAPROVAM os trabalhos da Câmara Municipal de Tangará

Desde o dia 06 de junho de 2017 o Blog Tangaraense disponibilizou uma enquete para que os internautas que acessam a página pudessem avaliar os 06 meses de trabalho dos vereadores da Câmara Municipal de Tangará.

Nesta noite de sexta-feira (09) foi encerrada a enquete, onde 57% dos participantes DESAPROVAM a atuação do legislativo municipal e 43% APROVAM.

Confira o resultado da enquete abaixo:

você aprova ou desaprova os trabalhos nesses 06 meses da Câmara de Vereadores de Tangará

  • DESAPROVA (57%, 686 Votes)
  • APROVA (43%, 522 Votes)

Total Voters: 1.208

Carregando ... Carregando …

Atenção:

*  A enquete é de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostras, o qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo apenas da participação espontânea do interessado.

Maioria do TSE vota contra cassação da chapa Dilma-Temer

0
Maioria do TSE vota contra cassação da chapa Dilma-Temer

Agência Brasil.

Após quatro dias de julgamento, a maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou hoje (9) contra a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições de 2014, pelas acusações de abuso de poder político e econômico. O placar da votação ficou em 4 a 3. O voto de desempate foi proferido pelo presidente da corte, ministro Gilmar Mendes.

Em seu voto, Gilmar mencionou que foi o relator do pedido inicial do PSDB para a reabertura da análise da prestação de contas da chapa Dilma-Temer. Ele disse, entretanto, que o pedido foi aprovado pelo tribunal para reexame do material e não para condenação sumária. “Não se trata de abuso de poder econômico, mas se trata de um dinheiro que sai da campanha e não disseram para onde vai. Primeiro é preciso julgar para depois condenar. É assim que se faz e não fixar uma meta para condenação. O objeto dessa questão é sensível porque tem como pano de fundo a soberania popular”, defendeu.

Também votaram pela absolvição os ministros Napoleão Nunes Maia, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira. Luiz Fux e Rosa Weber acompanharam o relator, Herman Benjamin, pela cassação da chapa.

Publicidade:

Operação Cristal Quebrado localizou estufas para cultivo de supermaconha na Zona Sul de Natal

0
Operação Cristal Quebrado localizou estufas para cultivo de supermaconha na Zona Sul de Natal

Na manhã desta sexta-feira (09), a Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc), com apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e da Polícia Militar, deflagrou a Operação Cristal Quebrado que visou apreender drogas, armas e produtos ilícitos que estavam em residências da Zona Sul de Natal. Durante a ação, foram presos em flagrante sete pessoas, sendo cinco homens e duas mulheres: o casal Luís Cláudio Jesus Gomes,35 anos e Thaís Geronázio Ferreira, 40 anos; o casal Tiago Matte, 38 anos e Mariana Marques Vecchi,34 anos; José Carlos da Silva, 22 anos; José Curi Dias, 69 anos e José Jussier Freitas Alves, 38 anos. Durante o cumprimento dos 15 mandados de busca e apreensão, os policiais encontraram duas estufas que eram usadas para cultivar mudas de droga conhecida como skank, um tipo de supermaconha.

As plantas estavam sendo cultivadas nos apartamentos dos casais Luís Cláudio e Thaís Geronázio e do casal Tiago Matte e Mariana Marques. “Nos apartamentos, que ficam na Vila de Ponta Negra, nós descobrimos duas grandes estufas com toda uma estrutura montada. Eles mantinham equipamentos ligados 24 horas para que a plantação fosse produtiva e para isso, furtavam energia elétrica. Eles controlavam umidade, calor, luminosidade e tinham vários produtos para adubar”, detalhou o delegado titular da Denarc, Ulisses de Souza.

Além das estufas, os policiais civis apreenderam no apartamento de Mariana Marques o valor de R$ 20 mil escondidos dentro da lixeira do banheiro. “Mariana é investigada pela Polícia Federal pela suposta prática de tráfico internacional de entorpecentes e já havia sido investigada pela Polícia Civil do RN no ano de 2010”, revelou o delegado adjunto da Denarc, Cláudio Henrique. Além dos dois casais, a Polícia prendeu em flagrante José Carlos da Silva, com um revólver calibre 38 e munições; José Curi Dias, com um revólver e José Jussier Freitas com porções de drogas.

Publicidade:

Operação Anjo Mau: denúncia do MPF aponta como ocorriam as fraudes ao INSS no RN

0
Operação Anjo Mau: denúncia do MPF aponta como ocorriam as fraudes ao INSS no RN

Contador, servidores do INSS e outros quatro envolvidos fraudaram auxílios previdenciários, gerando prejuízos de milhares de reais aos cofres públicos

A investigação do Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal (PF) e Representação da Inteligência Previdenciária (Reinp) que resultou na Operação Anjo Mau, deflagrada no dia 17 de maio em Natal, detalhou a forma de agir do grupo que fraudou diversos auxílios previdenciários no Rio Grande do Norte. Durante a operação, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, na residência de três servidores do INSS e na agência da Previdência Social, no bairro de Nazaré.

No período de março de 2010 a agosto de 2011, uma organização criminosa forjou vínculos trabalhistas e obtinha irregularmente auxílios previdenciários, gerando prejuízos aos cofres públicos. Dela faziam parte Angelo Wagner Alves e quatro servidores do INSS (um dos quais já faleceu). Outros quatro beneficiários do esquema foram denunciados no início deste ano pelo MPF.

Na ação penal que deu origem à operação (0802520-45.2017.4.05.8400), de autoria do procurador da República Fernando Rocha, o MPF denuncia, além de Angelo Wagner, o médico perito do INSS Antônio Carlos Barbosa; os servidores do INSS Aurino Araújo Goes e Petrúcio Rainerio de Azevedo; e também Manoel Bernardo Gois Cassiano, Jailson José Ferreira, Adriano Cezar Felipe e Maria Auxiliadora Bezerra.

Investigações e colaboração – Em 2011, o INSS montou um Grupo de Trabalho para Monitoramento Operacional destinado a auditar dezenas de benefícios com indícios de fraude. Essa auditoria apontou Angelo Wagner como diretamente envolvido em diversas das irregularidades. Do que havia sido descoberto, resultaram várias ações penais, das quais pelo menos uma (0001686-80.2014.4.05.8400) já gerou a condenação de Angelo Wagner, com trânsito em julgado.

Até então, contudo, as denúncias tratavam apenas dos casos nos quais Angelo agia junto com o beneficiário da fraude, sem, no entanto, a participação direta de servidores do INSS. Em 2016, porém, ele procurou o MPF para firmar o acordo de colaboração premiada, propondo-se a devolver o dinheiro recebido irregularmente e contar detalhes do esquema.

Funcionamento – As fraudes se iniciavam, geralmente, com Angelo Wagner forjando falsos vínculos empregatícios. Tendo atuado como contador de empresas, ele tinha o conhecimento técnico necessário. Gerava Guias de Recolhimento de Fundo de Garantia (GFIPs), criando assim a condição de segurado dos beneficiários, para solicitar os benefícios.

Nos casos de pedidos de aposentadoria por idade e pensão por morte, eram utilizadas carteiras de identidade, CPFs, certidões de casamento, certidões de óbito, entre outros documentos, todos falsificados. Somada a essas fraudes, o réu apontou em sua colaboração premiada outra forma utilizada para tirar dinheiro dos cofres públicos: através da concessão irregular de auxílios-doença.

Dessa parte do esquema fazia parte um grupo de funcionários do INSS. Segundo Angelo Wagner, ele atraia possíveis beneficiários para o servidor João Ferreira Cândido Neto (falecido em 2013), que se encarregava de juntar a documentação necessária e instruir o pedido de benefício previdenciário fraudulento.

O colaborador apontou a participação de três outros servidores, lotados na Agência de Nazaré, que se integravam ao esquema principalmente quando era necessária a realização de perícias médicas e que faziam funcionar as irregularidades, mesmo quando João Cândido Neto se encontrava afastado de suas funções, por conta de reiteradas licenças-médicas.

Aurino Araújo seria o responsável por efetuar a remarcação da perícia, de forma que o beneficiário fosse direcionado para a agenda do médico Antônio Carlos. Já a Petrúcio Rainerio cabia retirar do sistema do INSS impedimentos que pudessem atrapalhar a realização de perícia. O perito, por sua vez, emitia laudo atestando a incapacidade do beneficiário, mesmo tendo conhecimento da fraude.

Na maioria dos casos, o beneficiário sequer tinha de ir até a agência do INSS, muito menos ao consultório de Antônio Carlos. De acordo com Angelo Wagner, as pessoas beneficiadas pelas fraudes o pagavam diretamente, em espécie, e também antecipavam um valor a João Cândido Neto, que dividia com os demais servidores envolvidos, em geral algo em torno de R$ 3 mil a R$ 4 mil.

Benefícios – Dentre os beneficiários de auxílios-doença concedidos irregularmente está a esposa de Angelo Wagner (inocentada em outra ação penal por não ter conhecimento da irregularidade). Somente essa fraude gerou prejuízo de R$ 12.216,06, ao INSS, em valores não atualizados. Neste caso, Angelo pagou R$ 3 mil a serem divididos pelos servidores integrantes do esquema.

Outro benefício semelhante foi concedido a Jailson José Ferreira e resultou no pagamento de R$ 9.896,31, sem que ele sequer tenha ido à agência se submeter a qualquer perícia. Angelo era inquilino dele e sua vantagem consistiu em não pagar o aluguel durante dez meses, o que equivalia a R$ 4.500. O próprio Angelo Wagner se tornou beneficiário de um auxílio-doença, gerando prejuízo de R$ 18.060,92, quantia também não atualizada.

Ele repassou sua documentação para João Cândido Neto e, após ser habilitado e qualificado como segurado, através de vínculo fictício, foi ao consultório de Antônio Carlos Barbosa sem levar qualquer exame, laudo ou documento que comprovasse enfermidade. Mesmo assim, o médico atestou sua suposta incapacidade para trabalhar.

Em meio a essa fraude, o grupo ainda viabilizou a inclusão de novos vínculos empregatícios fraudulentos para Angelo, o que aumentou sua suposta renda base de R$ 975,19 para R$ 2.955,34 e gerou um Pagamento Alternativo de Benefício (PAB) no valor de R$ 11.023,31, sacado antes de o INSS determinar o bloqueio do valor por suspeita de fraude. Pelo “extra”, Angelo repassou R$ 2 mil em espécie a Aurino Araújo.

Outro auxílio fraudulento foi concedido a Manoel Bernardo de Gois Cassiano, por ser supostamente “portador de transtornos de discos lombares e de outros discos intervertebrais, com radiculopatia”, conforme atestou o laudo do perito Antônio Carlos. Através dessa fraude, ele recebeu R$ 18.553. Outros dois foram concedidos ao ex-cunhado de Angelo Wagner, Adriano Cezar Felipe, e resultaram em um prejuízo de R$ 21.788,94. Durante as investigações, Adriano admitiu nunca ter trabalhado para a empresa que lhe garantiria a qualidade de segurado junto ao INSS.

Um sétimo benefício foi para Maria Auxiliadora Bezerra, ex-sogra de Angelo Wagner, e representou R$ 26.244 pagos irregularmente. Ela também confirmou que nunca trabalhou para a empresa, que entregou seus documentos ao ex-genro e que pagou aos integrantes do esquema.

Os envolvidos foram denunciados por corrupção ativa (Angelo Wagner e os beneficiários dos auxílios fraudados); inserção de dados falsos em sistema de informações (com exceção de Manoel Bernardo); corrupção passiva (os servidores do INSS) e estelionato (Angelo e Aurino Araújo).

Publicidade:

Supergasbras entrega donativos da campanha Aquecendo Corações 2017 no RN

0
Supergasbras entrega donativos da campanha Aquecendo Corações 2017 no RN

A Supergasbras, empresa do grupo SHV Energy – líder mundial em distribuição de Gás LP, está realizando a entrega dos donativos recolhidos pela campanha “Aquecendo Corações 2017” em todo Brasil. A iniciativa está em sua 11ª edição. Somente no ano passado, foram arrecadados 12 mil itens. Este ano, o número ultrapassou os 16 mil. Os donativos são agasalhos, cobertores, fraldas geriátricas e produtos de higiene pessoal com o objetivo de ajudar instituições voltadas para idosos.

A campanha teve postos de coleta espalhados pelo Brasil, e muitas regiões do Rio Grande do Norte envolvidas, incluindo Natal. Na cidade, voluntários da empresa entregam os itens ao Instituto Jovino Barreto, que atende 63 idosos.

“A campanha busca chamar a atenção para o respeito aos idosos que vivem em situação de abandono e vulnerabilidade no nosso país, cuja expectativa de vida só aumenta. Mais do que os itens doados na época mais fria do ano, o propósito é levar amor, carinho e atenção aos que estão em situação de vulnerabilidade e contribuir para a aplicação do Estatuto do Idoso na prática, transformando o envelhecimento numa etapa prazerosa”, explica Lucinda Miranda, coordenadora de Responsabilidade Socioambiental da Supergasbras.

Publicidade:

Polícia Civil prende grupo suspeito de cometer roubos nas cidades de Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante

0
Polícia Civil prende grupo suspeito de cometer roubos nas cidades de Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante

Uma equipe de policiais civis de Macaíba prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (08), quatro pessoas suspeitas de cometerem roubos nas regiões de Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Foram presos: Aurio da Silva Araújo, 19 anos; Bruno Eduardo Martins de Oliveira, 19 anos; Fernando de Souza Silva, 19 anos; e Williane Valera Pinto, 23 anos.

A prisão ocorreu após denúncias anônimas acerca de um homem o qual teria expulsado os pais de casa, e que estaria presente com diversas pessoas suspeitas de roubos no local, localizado no bairro Loteamento Esperança, em Macaíba. Segundo investigações, os três homens presos são integrantes da facção criminosa Sindicato do RN. Durante a ação, foram apreendidos um simulacro de pistola, uma motocicleta de placa adulterada, e vários documentos de possíveis vítimas de roubo. Após a prisão, diversas testemunhas compareceram a delegacia e reconheceram o grupo como sendo autor de roubos.

O grupo foi preso e autuado pelos crimes de associação criminosa, roubo, e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, sendo encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que, caso alguém reconheça uma das quatro pessoas presas na ação como autora de roubo, compareça à Delegacia de Macaíba, localizada na Praça José da Penha, 46, bairro Centro.

Publicidade:

Polícia Civil de Baraúna localiza automóvel roubado em Natal

0
Polícia Civil de Baraúna localiza automóvel roubado em Natal

Policiais civis da Delegacia de Baraúna, com o apoio da Polícia Militar, recuperaram, nesta quinta-feira (08), um veículo modelo Fiesta, o qual havia sido roubado em Natal, na última quarta-feira. Através de denúncias anônimas, a polícia localizou o carro abandonado, que estava próximo a uma boca de fumo, localizada no município de Baraúna. A Polícia Civil de Baraúna solicita apoio à população para identificar os suspeitos desse crime e de outros ocorridos na cidade, através do disque-denúncia (181) ou através dos números 3320-4753 e 99104-3934.

Publicidade:

Escritura oficializa a Escola Miguel Lula em Santa Cruz como patrimônio da UFRN

0
Escritura oficializa a Escola Miguel Lula em Santa Cruz como patrimônio da UFRN

O prédio onde funcionou a Escola Municipal Miguel Lula de Farias, em Santa Cruz, pertence legalmente à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A oficialização ocorreu na última segunda-feira, 05, com a entrega do documento de doação por parte da prefeita do município, Fernanda Costa, para a escrituração do terreno, e a assinatura da reitora Angela Maria Paiva Cruz, no cartório da cidade.

Concluído o processo de doação da Escola e posse por parte da UFRN, a administração da Universidade Federal vai solicitar recursos para adaptar o prédio às necessidades do Hospital universitário Ana Bezerra (HUAB), e à Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, em Santa Cruz. Para a reitora, a incorporação da Escola ao patrimônio da UFRN consolida a expansão universitária na Região Trairi.

Testemunharam o ato a superintendente do HUAB, Maria Claudia Dantas Rubim; o diretor do campus Santa Cruz, Edvaldo Vasconcelos de Carvalho Filho, assessores e gestores.

Publicidade:

Página 3 de 84312345...102030...Última »
   
Voltar ao Topo © 2014 - Blog Tangaraense. Desenvolvido por Arthur Pablo